Cidadania Italiana, qual a tua dúvida?

'Oi, eu sou Amanda e fiz minha dupla cidadania Italiana a menos de um mês'

A cerca de 1 mês nós divulgamos na nossa página do Facebook uma imagem com o seguinte texto:

'Oi, eu sou Amanda e fiz minha dupla cidadania Italiana a menos de um mês 😁 morei na Itália por 45 dias e voltei com meu passaporte europeu 🇮🇹️ Eu não sou nenhuma expert no assunto, mas posso te ajudar com essas perguntas que as vezes dá até vergonha de perguntar 😅 manda tua pergunta sobre o processo aqui ou no nosso insta e nós vamos fazer o melhor pra te ajudar!'

Nós queremos agradecer a todas as pessoas que entrarm em contato conosco e nos trouxeram suas dúvidas! 

Antes de começarmos a responder as perguntas, queremos deixar claro que esse post não vai ser um passo a passo de como o processo deve ser seguido. Digo isso porque mesmo que o processo tenha leis que devem ser seguidas, cada caso é um caso. Fica complicado darmos para vocês uma receita de com a cidadania italiana pode ser feita, sem saber dos detalhes da tua família.

 

Vamos começar pela pergunta mais 'simples' que recebemos “Como eu sei que posso tirar a cidadania?”

A primeira coisa que você precisa fazer é criar uma árvore genealógica para poder identificar que você tem mesmo descendência italiana direta. Isso é, se você realmente tem um ancestral que nasceu na Itália. Uma vez que tu conseguiu traçar uma linha direta com a Itália, é preciso encontrar o documento do italiano(a) que veio para o Brasil. Para a solicitação do reconhecimento de cidadania é necessário o documento de nascimento na Itália e casamento.

Você deve estar se perguntando, ta mas como eu acho isso?
Eu vejo duas opções bem claras: 1ª você vai até a Itália e procura por si, claro que essa opção não é só trabalhosa como também é bem cara.
A segunda opção que não é tão barata, mas facilita muito essa parte do processo, é contratar alguém na Itália que faça essas pesquisas de documento e que envie uma cópia até o Brasil. 

Outra pergunta que recebemos foi quanto a realização do processo pelo Brasil e pela Itália. Nossa seguidora do Insta perguntou se 'os documentos que precisa mostrar são os mesmo daqui ou muda?'
Os documentos são os mesmos! (lembrando que cada caso é um caso) E o processo realizado na Itália é bem mais rápido. Aqui o reconhecimento por descendência pode levar 10 anos. Lá em 45 dias pode ficar tudo pronto, como no meu caso. No entanto, eu conheço pessoas que tiveram que passar cerca de 5 meses na Itália para realizar o mesmo processo que eu.

Isso nos tras a outra pergunta que recebemos 'Porque algumas pessoas demoram mais de 45 dias para conseguir o passaporte italiano?'

O primeiro fator que você tem que levar em consideração é o local que a pessoa escolheu para fazer o processo. Eu fiz na região central da Itália chamada Abruzzo, lá os passos para o reconhecimento não são tão complicados como no Sul da Itália. Por exemplo: Quando você solicita o reconhecimento pela Itália, é preciso fornecer um endereço para comprovar que você está morando lá. A polícia local tem 45 dias corridos para fazer uma (ou mais) visita(s) para confirmar que você realmente está residindo no endereço fornecido. Em Abruzzo, o vigile (policial municipal) faz a visita para confirmação uma ou duas vezes no máximo e quase sempre dentro dos primeiros 30 dias. Por outro lado, no sul da Itália, o vigile passa 3 vezes sem falta e só então confirma a residência. 

Outro fator que pesa muito é a famosa 'Certidão de Não Renúncia'. Lembra que eu comentei antes que você precisa do documento do Italiano(a) original, você precisa também de um documento que é feito online dizendo que o(a) italiano(a) não 'desistiu' de ser italiano quando veio para o Brasil. Quando você entra com o pedido na Itália, eles enviam uma solicitação para o consulado do teu estado no Brasil para confirmar que o(a) italiano(a) não renunciou a cidadania italiana. Tá mas, porque demora? Porque cada consulado tem seu tempo de resposta. O Consulado Italiano de Porto Alegre por exemplo leva cerca de 30 dias para responder, já o consulado de São Paulo pode levar 2 meses.

 

 

Comentários: