Concurso da Capa Garibaldi 2019

Vem conferir as obras que participaram do Concurso com o tema “Quadrinhos e a leitura”

            Vem conosco conferir todas as obras que participaram do Concurso da Capa Garibaldi 2019

            Antes de você ver as obras, queremos falar um pouco sobre o tema! Neste ano a Secretaria de Educação de Garibaldi escolheu o tema  “Quadrinhos e a leitura”, não apenas para o Concurso, mas também para a Feira do Livro municipal.

            “O patrono da Feira do Livro 2018 de Garibaldi será o agrônomo, publicitário e cartunista Alexandre Beck. A feira ocorrerá de 02 a 06 de outubro, na Praça Loureiro da Silva. Também estão abertas as inscrições para o slogan deste ano, que considera o tema “Quadrinhos e a leitura”.
            Com quase um milhão de seguidores no Facebook, o personagem Armandinho, criado por Alexandre, é um menino inteligente, bem-humorado e que, por meio de uma linguagem simples, provoca diversas reflexões. O garoto de cabelo azul e língua afiada foi arrecadando fãs, e, depois de ganhar a internet, tem suas tiradas irônicas e sagazes estampadas em nove livros.
            A inspiração de Alexandre Beck para criar as histórias do Armandinho é o próprio mundo; bem como os costumes e os hábitos das pessoas. O catarinense atribui o sucesso do personagem a uma possível identificação do público com os filhos, alunos ou até mesmo com a própria infância.
            Em sintonia com o trabalho do patrono, e por ser um gênero de grande identificação com o público, o tema da Feira do Livro 2018 será “Quadrinhos e a leitura.” Ao apresentar texto e imagem, as histórias em quadrinhos estabelecem uma ideia de complementaridade. Muito popular entre crianças e adolescentes, a ideia é discutir um gênero que, por muitas vezes, é o início da descoberta no mundo dos livros.”

 

            Participaram do Concurso alunos do 6º ano ao 9º ano do Ensino  Fundamental, abrangendo o ensino regular de redes Pública e Privada do Município.

            Partiu conhecer as Obras   *elas foram colocadas aqui em ordem alfabética de acordo com o autor(a)

 

Autora: Alana de Faria 
Título: Um Dia Sem Celular
Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Cattani
Professora:Crislei Zini Ricardi

 Autor: Breno Castro 
Título: Sem Título

Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Cattani
Professora: Crislei Zini Ricardi

Tema: Quadrinhos e a leitura
Subtema: A leitura é transformadora
Objetivos: Perceber a história em quadrinhos como forma de comunicação e expressão presente nos convívios sociais; Aprender sobre elementos importantes do gênero literário e artístico da história em quadrinhos; Participar e realizar processos de práticas para o desenvolvimento e criação de história em quadrinhos; Desenvolver o gosto e hábito pela leitura, bem como o gosto por criações artísticas;
Justificativa: Considerando-se a importância do desenvolvimento da criatividade, comunicação e expressão, gosto e hábito pela leitura, justifica-se o presente projeto.
Referências teóricas:
https://ideiascompartiladas.blogspot.conn/2017/06/proieto-historias-em-quadrinhos.html  https://www.wook.pt/autor/alexandre-beck/3290991 http://ativarsentidos.com.brivisao/entrevista-com-alexandre-beck

 

Autora:Gabriela Sebenello Soares
Título: Literatura e Quadrinhos: O Clássico no Moderno
Colégio Sagrado Coração de Jesus
Professora: Juliane Brino
Tema:
'Quadrinhos e a leitura'
Subtema: Ler: a arte da interpretação, 'Leitura passa pelos quadrinhos e vice e versa'
Objetivo: Incentivar o exercício da leitura, utilizando um meio que une a linguagem visual e a linguagem escrita.
Justificativa: As Histórias em Quadrinhos (HQs) melhoram as habilidades de leitura, compreensão, imaginação, pesquisa e até disciplina na sala de aula. É importante trabalhar esse gênero textual em sua estrutura e função, percebendo as características da linguagem empregada. Elas têm como objetivo estimular a criatividade e a capacidade de produzir e de apresentar um trabalho de sua autoria, além de valorizar a leitura como fonte de prazer e entretenimento.
            As HQs constituem um gênero discursivo secundário que, para Bakhtin (1993) aparecem em circunstâncias de comunicação cultural na forma escrita e que, muitas vezes em função do enredo desenvolvido, englobam os gêneros discursivos primários correspondentes a circunstâncias de comunicação verbal espontânea. Outra característica é o fato de que, segundo Assis (2002), os gêneros produzidos na interface oral/escrita são necessariamente secundários.
            Assim, pode-se afirmar que as características da língua falada, aliadas aos elementos visuais específicos das histórias em quadrinhos conduzem a narrativa, construindo um todo que auxilia na compreensão. E, também, percebe-se que os quadrinistas tentam aproximar as situações, o máximo possível da realidade, explicando assim, o porquê da busca da reprodução de uma conversação espontânea.

Referências Teóricas:
ASSIS, Lúcia Maria de. Crônica: Um caso de dialogismo fala e escrita. São Paulo: UNITAU, 2002. Dissertação de Mestrado.
BAKHTIN. Michail. Os gêneros do discurso. Estética da criação verbal. 2a ed. São Paulo: Martins Fontes: 1997.
EGUT1. Claricia Akemi. A Representatividade da oralidade nas Histórias em Quadrinhos. São Paulo: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. USP, 2001. Dissertação de Mestrado.

 


Autor: Gabriele S. Carrer
Título: Ler é Sonhar.

Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Cattani
Professora: Crislei Zini Ricardi

 

Autora: Larissa Bielscki 
Título: A Caminho da Leitura
Escola Municipal de Ensino Fundamental Madre Felicidade
Professora: Giovana Romio

Quadrinhos e a Leitura: O importante é ler com prazer
Justificativa: O hábito da leitura deve-se iniciar desde que a criança começa a balbuciar. A nossa realidade atual vem afastando nossos alunos da leitura. Sendo influenciados pelo computador, videogames e celulares cada vez mais modernos. A falta de leituras nas famílias e de incentivo, ocasiona o pouco interesse entre os alunos. Assim por consequência sentimos dificuldades na escola: precariedade no vocabulário, dificuldade de compreensão, erros ortográficos, produções pouco significativa dos alunos. É necessário que a escola resgate o valor da leitura, como ato de prazer e requisito para emancipação social e promoção da cidadania.
            Por meio da leitura o ser humano consegue se transportar para o desconhecido, explorá-lo, decifrar os sentimentos e emoções que os cercam e acrescentar vida ao saber da existência, solidificar e proporcionar os conhecimentos significativos de seu processo de aprendizagem.
            Juntamente com os professores e equipe pedagógica podemos assim proporcionar aos nossos alunos momentos que possam despertar nele o prazer da leitura.

Objetivos:
            - Despertar o prazer da leitura e aguçar o potencial e criatividade do aluno.
            - Possibilitar o acesso aos diversos tipos de leitura na escola, buscando efetivar enquanto processo de leitura e escrita.
            - Estimular o desejo de novas leituras.
            - Possibilitar a vivência de emoções, o exercício da fantasia e da imaginação.
            - Proporcionar ao indivíduo por meio da leitura, a oportunidade de alargamento dos horizontes pessoais e culturais, garantindo a sua formação crítica e emancipadora.

Referências Teóricas:
BECK, Alexandre Armandinho quadro/Alexandro Beck. -1.ed- Florianópolis, 5e: A.C.
Beck, 2015. 96p.:iI.;21x15cm

 


Autora: Leniara da Luz Rodrigues
Título:Leitura, Mais Que Um Hábito, Transfere Cultura
Escola Estadul de Ensino Fundamental Armando Peterlongo
Professora: Francine Marozzin Santin
Tema: 'Quadrinhos e a leitura'
Subtema: Expressar a importância da leitura através do desenho.
Objetivo: Valorizar a cultura e os valores da comunidade, dar aos alunos a possibilidade de mostrar suas habilidades artísticas, baseando-se na reflexão do tema proposto pela comissão organizadora.
Justificativa: O mundo é repleto de símbolos e significados que possibilitam grandes descobertas. A arte possibilita o desenvolvimento de atitudes essenciais para o indivíduo como o senso crítico, a sensibilidade e a criatividade. A arte faz parte da vida do aluno como instrumento de leitura do mundo e de si mesmo.
No processo de aprendizagem em Artes, o aluno exterioriza seu mundo interno, sua personalidade e seu modo de ver e de sentir as coisas. Ela traça um percurso de criação e construção individual que envolve escolhas, experiências pessoais, aprendizagens, relação com materiais e sentimentos. A criação é exclusividade dos alunos, mas cabe ao professor alimentar esse percurso de forma intencional, oferecendo propostas e experiências variadas.

REFERÊNCIAS TEÓRICAS: PROJETO BASEADO NAS OBRAS DO ESCRITOR: ALEXANDRE BECK AU, Francine Santin Professora

 


Autora: Luana Manica 
Título: A Fantasia da Leitura
Escola Municipal de Ensino Fundamental Visconde de Cairu
Professora: Katya Rondonia S. F. Rotava
 Arte rupestre é o termo que denomina as representações artísticas pré-históricas realizadas em paredes, tetos e outras superfícies de cavernas e abrigos rochosos, ou mesmo sobre superfícies rochosas ao ar livre. A arte rupestre divide-se em dois tipos: a pintura rupestre, composições realizadas com pigmentos, e a gravura rupestre, imagens gravadas em incisões na própria rocha.
Em geral, trazem representações de animais, plantas e pessoas, e sinais gráficos abstratos, às vezes usados em combinação. Sua interpretação é difícil e está cercada de controvérsia, mas pensa-se correntemente que possam ilustrar cenas de caça, ritual, cotidiano, ter caráter mágico, e expressar, como uma espécie de linguagem visual, conceitos, símbolos, valores e crenças.
            O trabalho elaborado com os alunos sobre arte rupestre seguiu estes passos:
- Contextualização da arte rupestre com textos e imagens;
- Criação de personagem e pintura com as cores vermelho (sangue), preto ( carvão). verde (folhas), marrom (terra), amarelo(flores);
- Criação de uma composição (desenho) com o personagem e com símbolos emocionais (sentimentos);
- Produção de história em quadrinhos com o personagem, mostrando através de imagens, símbolos (não escrita) o seu cotidiano;
- Elaboração de projeto pessoal com o personagem para posterior pintura em pedras.
Com a proposta de arte rupestre (desenho e simbologia), dando ênfase para a leitura e o cotidiano do personagem, foram realizadas as produções artísticas construídas a partir do tema 'Quadrinhos e a Leitura' para o Concurso de escolha da Capa do Guia O Vermelhinho 2019.

Bibliografia:
WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Arte Rupestre. Disponível em:< https://pt.wikipedia.org/wiki/Arte_rupestre>. Acesso em 12 de agosto de 2018.

  


Autor: Maique Willian Mohr
Título: A Arca das Histórias

Escola Estadual de Ensino Fundamental Santa Mônica
Professora: Beatriz Klein

 


Autor: Pedro Afonso Crescencio Schaeffer
Título: Abra a Sua Mente: Leia Quadrinhos/Literatura
Colégio Sagrado Coração de Jesus
Professora: Juliane Brino

 

 
Autor: Pedro Henrique Rossi 
Título: Nos Trilhos da Leitura
Escola Estadual de Ensino Fundamental Armando Peterlongo
Professora: Francine Marozzin Santin

 
Thuanny E. Gonçalves Guarnieri
Título: Códigos do Saber
Escola Municipal de Ensino Fundamental Visconde de Cairu
Professora: Katya Rondonia S. F. Rotava

 

OBRA VENCEDORA DO CONCURSO DA CAPA 2019

Verônica S. Giovanaz
Título: Leitura Abre Caminhos
Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Cattani
Professora: Crislei Zini Ricardi

 


Yasmin Thom da Luz
Título: Uma Visita a Garibaldi Através da Leitura
Escola Municipal de Ensino Fundamental Madre Felicidade
Professora: Giovana Romio

A Escolha da Capa foi feita pelo nosso Facebook, a Obra com o maior número de likes até as 14:00 do dia 27/09/2018.
A autora da obra e a escola vencedores foram revelados depois da finalização da escolha na Feira Do Livro de Garibaldi no dia 02 de Outubro.

PARABÉNS Verônica S. Giovanaz :D A obra vencedora tem o título de 'Leitura Abre Caminhos' 😍📖
A aluna representou a Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Cattani e teve como supervisora a professora: Crislei Zini Ricardi

Nós queremos agradecer muito a participação de todos, tanto dos alunos e professores que trabalharam nestas obras lindas quanto aos que participaram da votação na nossa página do Facebook! Nosso Guia não seria o mesmo sem vocês!

turismogaribaldi overmelhinho serragaucha desenho garibaldi

Comentários: