Moxabustão?

Moxabustão?

A gente ama! Ainda mais no inverno 😍

          A moxa pode ser classificada como uma acupuntura térmica - para entendermos melhor. O calor aplicado próximo a certas áreas do corpo - meridianos energéticos - ajuda a restabelecer os desequilíbrios, tratando e prevenindo doenças.

          É uma técnica terapêuticas dentro da Medicina Tradicional Chinesa que têm sido usadas há séculos, com resultados extraordinários.

          São pequenos bastões de artemísia que se ascendem como um cigarro para aquecer um ou vários pontos do corpo sem tocar a pele, e portanto sem risco de queimadura. Os pontos correspondem a pontos de acupuntura ou de dor.
Pode-se dizer que o calor aplicado no ponto de acupuntura, reforça extraordinariamente seu efeito em relação à sua aplicação em uma superfície estendida como no caso da lâmpada infravermelha. Não é mais uma questão de termoterapia geral, mas de acupuntura por meio de cauterização, em vez da agulha.

          Quase todas as doenças podem ser tratadas por moxas de uma maneira positiva. No entanto, quanto mais crônica é uma doença, as moxas são mais indicadas. São largamente utilizadas nesta época do ano por causa das doenças do frio, como ciatalgia, dores reumáticas, dores musculares dentre outras. Muito importante também a utilização de moxa nas síndromes de deficiência, como as de Rins e Baço/Pâncreas.

Se quer saber mais sobre saúde, siga também a página no
Facebook  |  Instagram

 

beleza cuidados saúde farroupilha qualidadedevida dicas

Comentários: